SMX São Paulo 2009

Artigo publicado por Anderson Lopes

Olá leitores do Brasil SEO, hoje venho trazendo uma visão geral do que aconteceu no Search Marketing Expo São Paulo 2009 (SMX SP 09) ocorrido no dia 04 de agosto de 2009. Pretendo ressaltar os pontos mais importantes das apresentações que acompanhei.

erica schmidt

Estudo de Caso – Erica Schmidt, Global Search Director da Isobar

Erica Schmidt, Isobar, trouxe estudos de caso de empresas no EUA, Europa e Ásia onde foram abordados os seguintes tópicos:

  • Testes com múltiplas variáveis: Testes realizados por Erica com banners mostram que textos sobre imagens tem mais efeito do que textos ao lado de imagens.
  • Efeito offline nas buscas: Pesquisas realizadas mostram que 67% das buscas são realizadas após uma campanha vista offline. 40% das pessoas que realizam a busca após verem a campanha off, compram e que 47% das pessoas no Reino Unido usam o computador enquanto assistem TV (Esse número pode ser inexpressivo no Brasil atualmente, mas isso tende a mudar).
  • Não existe somente o Google: No Brasil o Google domina as buscas, mas em outros mercados como o asiático outros buscadores são mais fortes que o “big G”. Buscadores específicos de idiomas asiáticos fazem mais sucesso na região.

Keynote: Twitter Q&A com Danny Sullivan

danny sullivan

Esse foi um dos pontos onde o SMX deixou a desejar. Danny Sullivan, Search Engine Land, por problemas com seu visto, não compareceu ao evento e, foi feita uma conferência via skype onde a conexão não ajudou muito. Mas tirando os problemas Danny abordou os seguintes tópicos:

  • Spam no Twitter: Perguntei para ele como ele acredita que o twitter lidará com spam, visto que seu mecanismo de busca funciona em tempo real e um spammer poderia causar um grande estrago em pouco tempo. Danny respondeu dizendo que combater spam num buscador de tempo real como o twitter é algo realmente dificil e que acredita que o twitter possa criar uma espécie de autoridade de perfil e posicionar os tweets de perfis com autoridade antes dos outros perfis.
  • Monetização no Twitter: Perguntado sobre como poderia ser feita a monetização no twitter Danny respondeu que já existem pessoas fazendo isso atualmente e que acredita que no futuro possa haver anúncios no micro blog.
  • Twitter e SEO: Perguntado sobre a relação entre o twitter e SEO, Danny disse que é importante a divulgação dos links no twitter. Apesar dos links serem nofollow você ganha a visibilidade com seus seguidores que podem te referênciar gerando links follow.
  • Parceria Bing e Yahoo!: Danny também falou sobre a união do Bing e Yahoo formando a “Microhoo!” ou o “Yasoft”.

Pimp my Site

pimp my site

Com uma apresentação bem humorada e diferente do que se vê no Brasil, Erick Formaggio, Cadastra (Sr. Vermelho), Roberto Cassano, Frog (Sr. Verde), Tiago Luz, Hello (Sr. Azul), fizeram uma análise dos sites de pessoas da platéia ao vivo. Deram dicas sobre:

  • Otimização de codigo fonte: Limpeza do código tirando JavaScript e CSS para arquivos externos e validação W3C.
  • Otimização de snnipets: Como criar uma descrição que cative o usuário a clicar no anúncio (pago ou não).
  • Uso de redes sociais por corporações: Divulgação de informações e promoções relevantes na rede.

ROI dos grandes, Conheça os Segredos dos Grandes Varejistas

Em um painel bastante interessante Julio Donato, Magazine Luiza, Flavio Dias, Wal-Mart e Leonardo Galvão, Mercado Livre falaram sobre estratégias que adotam no mercado.

  • Campanhas offline e online juntas: Julio reforçou a idéia de que o cliente é um só seja na loja física ou na internet, a idéia é estar sempre presente, quando o cliente quer tocar o produto ou quando ele não quer sair do sofá para comprar.
  • Estratégia de preço: Flavio mostrou que como usa a estrategia de melhor preço, o melhor é investir em comparadores. Perguntei a ele se já tinha algum plano para quando a busca por produtos do google chegar ao Brasil e a resposta foi que a idéia vai ser tentar firmar parceria com o buscador para anúncios. Vamos ver o que acontece.
  • Links patrocinados: Leonardo defendeu a estrategia dos links patrocinados comprados algoritmicamente na sua empresa. Disse que a escolha das palavras-chave é feita com base nas buscas feitas no site e que um filtro vem sendo utilizado para diminuir anúncios como “Compre lixo em até 12x”.

Marcelo Sant’Iago, MidiaClick, moderador do painel perguntou aos 3 qual estrategia traria mais resultados, SEO ou links patrocinados. Flavio disse que uma combinação dos 2 traz um resultado melhor, já Leonardo disse que SEO traria um retorno melhor, porém quando perguntei como era a divisão de sua equipe nesse critério ele disse que seguem as diretrizes do google, mas que os esforços são nos links patrocinados.

SEO Tips: dicas de SEO que você não lê em nenhum lugar

Com Alexandre Kavinski, i-Cherry, Fabio Ricotta, MestreSEO, Paulo Teixeira, Marketing de Busca e Bernhard Schultze, SEO Marketing, o painel foi o mais relevante em termos de SEO. Palestrantes e platéia interagiram de uma forma muito legal.

Kavinski deu 3 dicas de SEO, na primeira falou sobre fatores que influênciam no posicionamento especialmente o offpage density (divisão da quantidade de links com texto âncora que se deseja posicionar pelo total de links da página). A segunda dica foi a de usar o Yahoo! Pipes para link building e a terceira como conseguir um double google (ou busca identada). Fabio Ricotta ainda completou essa dica dizendo que é possível conseguir 3 posições na primeira página com o uso de subdomínios. Além das dicas, Kavinski divulgou uma lista de usuários de twitter influentes na área de SEO no Brasil.

Top caras de SEO

Nas perguntas da platéia o assunto foi Black Hat. Perguntado sobre o uso de texto atrás de imagens Fabio Ricotta respondeu que já havia feito essa pergunta diretamente a Pedro Dias, Google e a resposta foi: “Se o texto na imagem for igual ao texto atrás da imagem não é Black Hat”. Perguntados sobre compra de links todos disseram que não usam a técnica (Sera que é verdade?).

Bom pessoal essa foi a cobertura geral das apresentações das quais participei no SMX. Na minha opinião os eventos em SEO no Brasil tem melhorado muito, e quem sabe no ano que vem poderemos contar com Pedro Dias e/ou Ariel Lambrecht para dar maiores dicas e novidades do google. Sobre a organização do evento achei muito boa, o almoço e o pão de queijo estavam ótimos, faltou apenas wi-fi para todos.

Esteve no SMX São Paulo 2009? Participou de alguma apresentação na qual eu não estava e deseja compartilhar? Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>